Comunidade Jesus Menino vai até Roma para falar sobre o atual momento do País em relação ao direito a Vida.

   
A Comunidade Jesus Menino teve uma agenda vasta de missões pela Europa neste mês de Dezembro onde foram quase 20 dias em Peregrinação por Portugal, Áustria, Alemanha e Itália. A base da missão foi anunciar para os povos de língua portuguesa o lançamento do segundo livro do fundador da obra, Antônio Carlos Tavares de Mello que tem como título o nome: "Quando o Coração se torna Útero", e aos países de língua Alemã e Italiana também puderam falar para muitos sobre o seu primeiro livro, "Parábolas de Corações Especiais". O ápice da missão veio na visita ao Vaticano onde Tônio, filhos da Comunidade e Colaboradores no dia 21 de Dezembro tiveram a honra de estar na primeira fileira na Sala Paulo VI onde puderam ter um encontro com o Papa Francisco de perto, entre os olhares felizes e abraços, dois gestos foram muito marcantes. o Primeiro é de um abraço muito apertado de Felipe, filho da Comunidade junto ao Papa, onde fala de forma intensa para ele sobre o que vem acontecendo sobre o aborto no país. Papa Francisco apenas disse ao Felipe: "Eu sei Felipe, eu estou sabendo de tudo", Felipe então pede ao Papa: "O Senhor tem que tomar alguma providência Papa", Felipe recebe a benção do Pontífice e logo em seguida se dirige ao Tônio. Com o olhar de amigo, (Já foram muitos encontros entre os dois) Francisco recebe das mãos do Tônio o seu novo livro e explica como foi esse novo caminho para a Comunidade, logo em seguida entrega uma carta escrita para ele, sinalizando as atrocidades cometidas por nosso Supremo Tribunal Federal e escreveu em repudio sobre as últimas decisões tomadas aos médicos que realizavam abortos em uma clínica clandestina no Brasil. Tônio pede para que também tenhamos forças de caminharmos sempre juntos, Igreja e sociedade na luta pela vida. No encerramento um outro momento mais que especial também aconteceu. Nos corredores do Vaticano de acesso onde foi o encontro, Marco Aurélio, também filho da Comunidade, passa abraçando e cumprimentando diversos peregrinos que estavam ali para ver o Papa, o momento foi tão comovente que até um dos homens da guarda suíça não resistiu e abraçou-o também. Para a Comunidade Jesus Menino, Marco Aurélio representou a chegada e nascimento de Jesus Menino para aquele povo naquele momento. Logo no dia 25 a Comunidade retornou para o Brasil onde já no dia 28 de Dezembro segue em missão para a cidade de Senador Firmino, no interior de Minas, para dar continuidade a divulgação do livro. Reportagem: Diego Nunes Foto: Equipe L'osservatore Romano
 

 





Estrada Divino Espírito Santo, 577 - Carangola - Petrópolis - RJ
24 2242 - 4208 | com.jesusmenino@gmail.com
© 2016 - DIREITOS RESERVADOS